7 regras para você não zoar a sua startup em 2015
Marcus Pereira 2015/01/22 17:31:08 +0000 | 4 minutos de leitura
[editar artigo]

7 regras para você não zoar a sua startup em 2015

Na história de negócios de sucesso, em geral a ideia é apenas o primeiro passo. Existem inúmeros outros fatores e variáveis que influenciam neste caminho - por vezes até novas ideias. Por coincidência, justamente quando eu pensava sobre isso, recebi um email de um amigo onde ele compartilhava um conteúdo super bacana do Entrepreneur onde o CEO do Qzzr, Josh Little compartilha dicas dos pontos que ele acredita serem fundamentais para qualquer startup.

Como sei que esse é o tipo de conteúdo que vocês, startupers capivaras curtem encontrar por aqui, resolvi fazer a versão capivara das sete dicas do Josh. Se liga só!

1. Persiga de forma voraz as coisas mais impactantes

Na vida de um empreendedor o tempo é dos bens mais escassos. Ao mesmo tempo, é gigante a quantidade de atividades que disputam espaço nessa agenda. Por isso, não perca o seu tempo fazendo atividades de baixo impacto. Todas parecem importantes, mas se você não priorizar as de maior impacto seu negócio não vai caminhar.

2. Saia do lugar comum e seja excepcional

Comece seu dia sempre com a pergunta: meu produto/trabalho/empresa é excepcional? Tudo aquilo que você oferta deve chamar atenção e surpreender as pessoas.

3. Comece com uma equipe incrível

Para o Josh, estrutura a equipe de uma startup é como montar uma banda. Ninguém quer fazer parte de uma banda "boazinha", nem mesmo os músicos "bonzinhos". Por isso, encontre quem são as pessoas referência e faça com que elas comprem sua ideia, e vistam a camisa da sua startup.

4. Ensine seu mercado

Uma das principais habilidades de um bom vendedor é a capacidade de ensinar seus clientes o porquê sua empresa/produto é a melhor escolha. Nesse sentido, Josh aponta: bons vendedores capazes de ensinar os clientes também serão capazes de ensinar seu mercado. Se você se tornar o melhor nesse quesito, uma vantagem competitiva muito grande acaba de surgir.

5. Não tenha medo de mudar

Quando parece que tudo está dando errado, o problema não ser a empresa ou o produto, mas apenas o foco de mercado. Ou seja, não tenha medo de pivotar e mudar o foco do seu negócio. Seja humilde o bastante para realocá-lo quando necessário e de preferência faça isso antes de acabar todo o seu dinheiro.

6. Tenha certeza que sua solução resolve o problema

Não é porque as pessoas compram sua solução - e pagam por ela - que você não precisa mais se preocupar em inovar. Segundo Josh, empreendedores que pensam assim se esquecem que isso significa que eles apenas conseguiram encontrar o nicho certo (problema <-> solução). Apenas.

7. Crie experiências

As maiores empresas do mundo são amplamente conhecidas pela experiência que é comprar e ter seus produtos. Preocupe-se com cada pequeno detalhe da experiência do usuário na compra do seu produto/serviço, e dê prêmios aos seus primeiros clientes. Isso vai fidelizá-los como nunca.

O artigo original do Entrepreneur você encontra aqui.

Por Marcus Pereira

COMPARTILHE
Marcus Pereira

Marcus Pereira

Community Manager - Capivalley

Artigos relacionados

login modal