Despertando o espírito Maker que existe dentro de você
Léo Dabague 2015/09/04 18:41:10 +0000 | 5 minutos de leitura
[editar artigo]

Despertando o espírito Maker que existe dentro de você

O movimento "Faça você mesmo" (DIY) sem dúvida nenhuma acabou se tornando uma tendência no Brasil, é só olhar a lista crescente destas tags no Pinterest e o número incrível de seguidores que as blogueiras brasileiras vêm obtendo ano a ano. Nos Estados Unidos e na Europa já é possível enxergar um movimento muito mais maduro e estruturado de Makers do que por aqui, mas nós estamos no caminho.

Mas aí vem a pergunta... por que é que alguém que escreve sobre Impressão 3D vem aqui falar sobre despertar o espírito Maker?! E além disso: "Por quê isso seria uma coisa boa?"

Bom, se você abriu este post você provavelmente já acha bacana ou importante fazer as coisas por conta própria ou você entrou aqui só porque a foto de capa é chamativa e bonita. E se você já fez algo por conta própria como um presente, um móvel, uma decoração, um penteado, um site, um blog, um brinquedo... você não só aprendeu o valor de fazer aquilo, mas também teve chance de se orgulhar do que você fez (ao invés de simplesmente ter comprado). Além disso, o NTL (National Training Laboratories) publicou um estudo apontando que o processo de aprendizagem (aprender, né) é 75% mais eficiente no "aprender fazendo" do que da forma tradicional.

E a tal da impressora 3D, cadê?

A Impressão 3D e o espírito Maker

A ligação da tecnologia 3D com o espírito Maker está justamente na facilidade que qualquer pessoa tem para começar a fazer coisas das quais se orgulha e desta forma contaminar a cultura consumista e transformá-la em algo muito mais bacana. Você não precisa e nunca irá precisar de uma impressora 3D ou uma furadeira ou tesoura especial para se tornar um maker, você só precisa de vontade e perseverança. A impressão 3D pode ser um caminho para começar e te dar a inspiração necessária. Afinal, como já abordei em outro post (leia aqui) existem ótimos sites com conteúdos 3D gratuitos para baixar, imprimir, modificar, melhorar, aumentar, diminuir e trocar de cor.

Incentivando o espírito maker nas meninas Meninos e meninas com espírito maker Fotos Chaveiros

Todos estes brinquedos ou chaveiros das fotos foram feitos por crianças de 9 e 10 anos de idade que nunca tinham ouvido falar em impressão 3D, mas que em 1h30 de "trabalho" mexendo no programa de modelagem chegaram a estes resultados.

Você gostou do resultado? Pode ser que sim, pode ser que não, mas eu te digo que cada criança ali gostou muito do seu próprio chaveiro. No dia da entrega eles mantinham um sorriso no rosto que...falava por eles. Afinal eles chegaram em casa naquele dia loucos para dizer: "Olha mãe, eu que fiz!"

É claro, a perseverança é necessária no mundo Maker. Afinal não é da primeira vez que você vai atingir a sua expectativa de resultado. E eu separei dois exemplos muito claros da tal Realidade vs Expectativa:

expectativa_vs_realidade Tirinha-98

A sua primeira impressão pode não ser uma maravilha, mas ela será só a primeira. E a segunda um pouco melhor, a terceira melhor ainda. E como vocês viram no exemplo das crianças, a tecnologia dá realmente uma mãozinha poderosa na hora de concretizar o que está dentro da sua cabeça. Essa "facilidade" na hora de concretizar a ideia empolga desde os pequenos até os adultos.

E depois de fazer, fazer e fazer, você com certeza estará habilitado para construir no nível destes usuários do site Instructables (se você não conhece, recomendo):

Maker_projecte

A medida que você vai pegando o gosto e o jeito pela coisa, você vai utilizando a impressão 3D aliada a outros conhecimentos e construindo coisas cada vez melhores e quem sabe este novo hobby não vira negócio ou contagia outras pessoas? Na minha opinião, a graça de ser um maker não é o dinheiro (economizado ou ganho) e sim a experiência e o aprendizado de fazer, a companhia durante o processo de idealização e mãos na massa... e o orgulho de olhar para algo que "fui eu que fiz".

Se você acha que eu estou completamente louco ou se você gostou, deixe seu comentário aí!

Para os inquietos eu deixo também o trailer de um documentário que eu quero muito ver (mas ainda não vi): http://makerthemovie.com/

COMPARTILHE
Léo Dabague

Léo Dabague

Gerente de Sucesso do Cliente no Olist

Artigos relacionados

login modal