Impressão 3D no mundo: o que já existe por aí?
[editar artigo]

Impressão 3D no mundo: o que já existe por aí?

Impressão 3d é novidade, é moda, está no hype. Certo? Você pode até ter concordado, mas muito provavelmente você não sabia que a tecnologia pioneira de impressão tridimensional surgiu lá nos Estados Unidos na década de 80 e já se desenvolveu muito desde então.

Então você pode pensar: "Poxa, se uma pessoa comum pode comprar uma impressora 3d 'básica' e fazer coisas muito legais como drones, o que a impressão 3d de ponta pode fazer?" E eu te digo sem medo nenhum: COISAS IMPRESSIONANTES!

Até fora do planeta vamos utilizar a impressão 3d!

As impressoras das duas maiores empresas deste mercado podem imprimir em diversos materiais (do chocolate ao titânio), com volumes variados, de diversas cores e tem sido utilizadas por empresas como GE a muitos anos já para fazer de protótipos a peças finais. Recentemente, um destes grandes fabricantes de impressoras 3d (Stratasys), publicou em seu site institucional que aproximadamente 60 peças do veículo explorador da NASA são impressos.

Nichos e mais nichos...

Eu acho que eu poderia escrever pra vocês mais umas dez paginas de utilizações incríveis desta tecnologia, os mercados que ela agitou e os mercados que ela criou, mas todo dia surge algo novo então por último vou mostrar pra vocês uma das mais legais.

Você já pegou uma ultrassonografia e ficou tentando enxergar o que de tão maravilhoso tem naquele naquela figura chuviscada? Se você não tem laço afetivo com o bebê, mãe ou pai e já viu uma, sabe bem do que eu estou falando! A clínica Fasotec and Hiroo Ladies no Japão achou, através da impressão 3d, uma maneira de você segurar a miniatura de um bebê que ainda não nasceu.

Impressão 3d é utilizada em consultório japonês para imprimir bebês que ainda estão em gestação. (Fonte: Solidsmack)

Este recurso também abriu as portas para uma campanha extraordinária, patrocinada pela Huggies Brasil, que permitiu que gestantes com deficiência visual pudessem tocar e conhecer seus bebês que ainda não tinha nascido. Para exemplificar melhor, segue o vídeo de uma das participantes da campanha:

https://www.youtube.com/watch?t=223&v=qXN9tCXG51w

E é isso pessoal, vou ficando por aqui por hoje. Se você tiver alguma dúvida ou sugestão de tema para ser abordado, fique à vontade para comentar. Me comprometo a responder todas as perguntas. Até a próxima.

COMPARTILHE
Léo Dabague

Léo Dabague

Gerente de Sucesso do Cliente no Olist

Artigos relacionados

login modal